Bahia

Ministério Público denuncia acusado de participar de chacina de motoristas de aplicativos em Salvador

O Ministério Público da Bahia denunciou, nesta terça-feira (21), Benjamim Franco da Silva Santos, conhecido como Amanda ou Franklin.

Segundo o MP, ele participou da chacina de quatro motoristas dos aplicativos “Uber” e “99” no dia 13 de dezembro, em Salvador.

De acordo com a denúncia, Benjamim é integrante da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM) e, acompanhado de um menor de 17 anos, atraiu cinco motoristas de aplicativos para o local da execução.

De todos os integrantes da quadrilha estão mortos, Benjamin é o único que está vivo.

O promotor de justiça Davi Gallo informou que o crime foi motivado por vingança.  No dia anterior, Jeferson, líder da facção, teria chamado diversos motoristas para socorrer um parente.

As corridas não foram aceitas e a pessoa que seria socorrida morreu.

Benjamim foi denunciado pelo homicídio dos quatro motoristas qualificado por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa das vítimas, além de roubo qualificado, associação criminosa e os dispositivos da Lei de Crimes Hediondos (Lei nº 8.072/90).

Etiquetas

Notícias VCA

Notícias Vitória da Conquista - Seu portal de Notícias de Conquista e toda Bahia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar