ConquistaCultura

Prefeitura emite nota informando que vai apurar responsabilidade na morte de Mateus

É com pesar que a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vem a público lamentar o falecimento do operário Mateus Nogueira Morais de 23 anos, vítima de acidente no Centro Cultural Glauber Rocha, no início da noite de hoje.

O Samu 192 foi acionado por volta das 19:45hs e realizou procedimentos de reanimação por cerca de 34 minutos, mas o rapaz não resistiu.

Mateus Morais fazia parte da equipe que estava executando a montagem e instalação elétrica do palco para o Carnaval Cultural.

A festa é realizada pelo empresário Odilon Alves do Santos Júnior que, através de Termo Público, obteve a autorização de utilização do espaço e é o responsável pelo evento.

A Prefeitura apenas apoiava a festa. Este apoio incluía a montagem do palco, a cargo da empresa Hargam Produções Eireli, de propriedade do empresário Elves Neri Leite Oliveira.

De acordo com os responsáveis pela montagem do palco, o Corpo de Bombeiros esteve hoje no local para fiscalizar a obra e não encontrou nenhuma irregularidade. Amanhã a corporação iria emitir o laudo técnico.

Tanto o empresário organizador da festa, quanto a empresa que tinha a tarefa de montar o palco assinaram termos de total responsabilidade por quaisquer incidentes que porventura ocorressem no evento.

Segundo informações prestadas à Secretaria de Comunicação, a família do operário está recebendo total apoio de funcionários da empresa que montava o palco.

O corpo de Mateus Morais foi encaminhado para o Instituto Médico Legal para que seja feita a necropsia que vai determinar a causa da morte.

As investigações estão a cargo da Polícia Civil, mas a Prefeitura irá também tomar todas as medidas necessárias para apurar, administrativamente, as causas e as responsabilidades do acidente.

Etiquetas

Notícias VCA

Notícias Vitória da Conquista - Seu portal de Notícias de Conquista e toda Bahia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar