Sudoeste

Operação cumpre mandados de busca e apreensão em esquema de sonegação em Guanambi

Foi deflagrada, nesta segunda-feira (10), a operação “Quem viver verá”, no combate a um esquema de sonegação de impostos, em Guanambi, e em outras cidades do Brasil.

A operação é conjunta entre Ministério Público, Polícia Civil, Receita Estadual de Minas Gerais e Receita Federal do Brasil.

Segundo o Ministério Público, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em uma empresa que só existe para emitir notas fiscais, conhecida como “noteira”.

No esquema, participavam profissionais que atuam como corretores de milho, soja e feijão. Esses corretores eram os responsáveis pelas negociações com os produtores rurais e com as indústrias que adquiriam os grãos. Era responsáveis também por solicitar às empresas ‘noteiras’ a emissão de notas fiscais, e pagava a essas empresas por esse serviço.

Os corretores ‘vendiam’ facilidades aos produtores rurais, que podiam comercializar seus grãos sem a emissão de notas fiscais, e assim sonegar seus rendimentos.

De acordo com as investigações, a empresa emitia notas fiscais falsas para fraudar o fisco de Minas Gerais.

A ação é integrada por três promotores, três auditores fiscais, oito policiais civis e 12 policiais militares.

Etiquetas

Notícias VCA

Notícias Vitória da Conquista - Seu portal de Notícias de Conquista e toda Bahia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar